segunda-feira, 30 de agosto de 2010

O desabafo



Eu já joguei muitas dores em cadernos, pedaços de papel aqui e acolá. Já contei a Deus minhas decepções e confessei meus erros, mesmo os que mais me doeram confessar. Falei dos meus medos e os segredos mais escondidos do meu coração. Descrevi minhas esperanças e meus sonhos mais bobos, os mais infantis e os mais inocentes. Também os mais lindos e que provavelmente nunca se realizarão, mas como me fizeram viver!!!

Já tive vontade de falar com pessoas que se fizeram de surdas e chorei todas as lágrimas do mundo, as que me foram reservadas para aliviar minha alma. Já distribuí minha felicidade com todo mundo em alguns segundos porque ela já não mais cabia em mim.

E, abrindo o peito, me sentia mais leve, como se as pedrinhas que me incomodavam ficassem menos pesadas ou me fizessem vê-las com um olhar novo.

Tudo o que o coração guarda, ele guarda pra sempre. Não estou falando de grandes amores ou grandes paixões, que marcam para sempre, mesmo quando passam. Estou falando é dessas coisinhas que ele vai acumulando no dia-a-dia, que uma só não faz nada, mas que o acúmulo pode fazer grandes estragos.

Não sei se as pessoas têm idéia do quanto necessário e importante é deixar falar o coração. Quando não falamos, as coisas ficam trabalhando na nossa cabeça e com uma insistência perturbadora. Uma mágoa, uma idéia, uma decepção e até uma felicidade precisam ser postas para fora. Emoções precisam ser liberadas, precisam estar de fora para que guardemos nossa objetividade.

Guardar sentimentos sem expô-los, de alguma forma, nos torna doentes.

Mas abrir o coração não é coisa fácil. Requer maturidade e coragem. Maturidade porque administrar sentimentos é dolorido e coragem porque é preciso ter honestidade consigo mesmo nos erros e nas quedas sem buscar justificativas e sem cair na armadilha da auto-condenação.

Um dos segredos que descobri da vida é que além dos amigos e diários, Deus é o que possui os ombros mais largos quando precisamos desabafar. Muitos ainda não descobriram isso...

Letícia Thompson

O preço do silêncio



Às vezes para não magoar os outros nos calamos. Criamos assim relacionamentos superficiais, onde cada um pensa que o outro está feliz.

Negamos a nós o direito de sermos transparentes e ao outro de nos conhecer transparentes e verdadeiros.

Da mesma forma outros agem conosco, por medo de decepcionar-nos.

Nos enganamos e somos enganados.

É sinal de amadurecimento o estar preparado para ouvir o que não agrada, aquilo com que não se concorda e difere da nossa maneira de pensar ou de agir.

Consideramos sensíveis as pessoas às quais devemos ter cautela para dizer certas coisas. Mas... não é a sensibilidade o sentir o que vai dentro do outro e entendê-lo como se entendesse a si? As pessoas sensíveis entendem sim, são as susceptíveis que não entendem.

O susceptível recebe as idéias alheias como se fosse uma ofensa ao seu eu.

Porém, por que um saberia de todas as coisas e o outro não? Por que um compreenderia tudo e teria sempre uma visão clara das coisas da vida? Por que a razão se colocaria sempre de um lado, deixando outros do lado errado? Somos seres especiais sim, mas que aprendem a cada dia.

É importante valorizar-se, mas aprender também a diferença entre o orgulho e a humildade. O Mestre de todos os mestres sabia tudo e curvou-se para lavar os pés dos seus discípulos.

Não somos maiores que Ele a ponto de não poder nos curvar vez ou outra diante do que nos contradiz.

Às vezes nos calamos para não magoar outros sim. Às vezes recebemos observações como afrontas ao nosso ego. Incitamos as pessoas a não serem francas, porque negamos nossa franqueza em ouvir e falar.

Mas quem ama, quem ama verdadeiramente, ouve, reflete, dá o braço a torcer, queda-se, refaz e constrói relacionamentos reais e límpidos. Esse jamais estará sozinho...

Letícia Thompson

sábado, 28 de agosto de 2010

"Tudo posso "

"Tudo posso naquele que me fortalece" (Filipenses 4:13)

Certa lenda conta que estavam duas crianças patinando em cima de um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam sem preocupação.

De repente, o gelo se quebrou e uma das crianças caiu na água.
A outra criança vendo que seu amiguinho se afogava de baixo do gelo, pegou uma pedra e começou a golpear com todas as suas forças, conseguindo quebrá-lo e salvar seu amigo.

Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:

- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que você tenha quebrado o gelo com essa pedra e suas mãos tão pequenas!

Nesse instante apareceu um ancião e disse:

- Eu sei como ele conseguiu.

Todos perguntaram:

- Como?

O ancião respondeu:

- Não havia ninguém ao seu redor para dizer-lhe que ele não seria capaz.

Albert Einstein

SÓ DÊ OUVIDOS A QUEM TE AMA


Só dê ouvidos a quem te ama. Outras opiniões, se não fundamentadas no amor, podem representar perigo. Tem gente que vive dando palpite na vida dos outros. O faz porque não é capaz de viver bem a sua própria vida. É especialista em receitas mágicas de felicidade, de realização, mas quando precisa fazer a receita dar certo na sua própria história, fracassa.Tem gente que gosta de fazer a vida alheia a pauta principal de seus assuntos. Tem solução para todos os problemas da humanidade, menos para os seus. Dá conselhos, propõe soluções, articula, multiplica, subtrai, faz de tudo para que o outro faça o que ele quer. Só dê ouvidos a quem te ama, repito. Cuidado com as acusações de quem não te conhece. Não coloque sua atenção em frases que te acusam injustamente. Há muitos que vão feridos pela vida porque não souberam esquecer os insultos maldosos. Prenderam a atenção nas palavras agressivas e acreditaram no conteúdo mentiroso delas.Há muitos que carregam o fardo permanente da irrealização porque não se tornaram capazes de esquecer a palavra maldita, o insulto agressor. Por isso repito: só dê ouvidos a quem te ama. Não se ocupe demais com as opiniões de pessoas estranhas. Só a cumplicidade e conhecimento mútuo pode autorizar alguém a dizer alguma coisa a respeito do outro.Ando pensando no poder das palavras. Há palavras que bendizem, outras que maldizem. Descubro cada vez mais que Jesus era especialista em palavras benditas. Quero ser também. Além de bendizer com a palavra, Ele também era capaz de fazer esquecer a palavra que amaldiçoou. Evangelizar consiste em fazer o outro esquecer o que nele não presta, e que a palavra maldita insiste em lembrar.Quero viver para fazer esquecer... Queira também. Nem sempre eu consigo, mas eu não desisto. Não desista também. Há mais beleza em construir que destruir.Repito: só dê ouvidos a quem te ama. Tudo mais é palavra perdida, sem alvo e sem motivo santo.Só mais uma coisa. Não te preocupes tanto com o que acham de ti. Quem geralmente acha não achou nem sabe ver a beleza dos avessos que nem sempre tu revelas.O que te salva não é o que os outros andam achando, mas é o que Deus sabe a teu respeito.Padre Fábio de Melo

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Um dia especial


Hoje é um dia especial.
Um dia que não aceita lamentações.
Um dia em que é possível reverter a dor em alegria.
Transformar a derrota em escada para a vitória.
Renovar as esperanças de viver um grande amor mais uma vez.
Hoje é o dia em que a canção fala de novos hérois,
e o meu herói é você.

Quem machucou seu coração?
Pobre infeliz que não sabe o que vai perder.
Quem negou aquela ajuda que você espera?
Coitado de quem não acreditou em você, nem imagina a besteira que fez.

Nesse dia de transformação, você é um grande sol,
cujos raios aquecem os sonhos mais distantes.
Como é bom estar perto de você.

Seu sorriso, seu jeito meigo de falar.
Sua educação, suas boas maneiras.
Tudo em você convence as pessoas sem muito esforço.

Vai, abre seu melhor sorriso e mostra para o mundo quem é você.
Mostra a vitória que está escondida em suas mãos.
Abre os dedos devagar.
Solte o pássaro da felicidade que está escondido em sua mão.
As lindas penas do pássaro são seus sonhos.
Os olhos brilhantes, seu carisma.
A boca exuberante é a sua certeza.
O canto é a sua vontade de acertar, de realizar.
Me responde então: quem vai resistir ao seu encanto?
Ninguém!

É preciso apenas que você descubra que hoje,
como todos os dias de sua vida,
é um dia especial demais para você jogar fora com pensamentos e sentimentos negativos.
Sabe aquele doce gostoso que nem em sonho você despreza?
Pois é, o dia de hoje é tão especial, tão maravilhoso que nada, nem ninguém merece estragá-lo!.

Aproveite. É o seu dia!.

Prá que chorar neste dia tão maravilhoso?
Fecha os olhos. Faz um pedido.
Melhor, faça dois pedidos.
Você merece mais, muito mais.

Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

APRENDI


Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que
a vida faça o resto.

Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.

Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos. Que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.

Eu aprendi... Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida. Que por mais que se corte um pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho.

Aprendi... Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência. Mas, aprendi também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.

Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles. Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem.

Aprendi que perdoar exige muita prática. Que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso.

Aprendi... Que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas.

Aprendi que posso ficar furioso, tenho direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel. Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso.

Eu aprendi... que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, que eu tenho que me acostumar com isso. Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.

Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.

Eu aprendi... Que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto.

Aprendi que numa briga eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me envolver. Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem.

Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida.

Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes.

Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio.

Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério. E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos.

Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre.

Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.

Martha Medeiros

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

O grito do silêncio


O grito do silêncio

Gif da mensagem


Que dizem as palavras?...
Nada...
Diante de profundos
Sentimentos
E de arroubos
De deslumbramento,
A palavra cala.
Silêncios de espera,
Silêncios povoados
De sonhos,
Silêncios de tortura
E de loucura.
Silêncios de esperanças,
Silêncios de solidão,
Silêncios de perdão...
Os olhos em brasa,
O coração aos pulos,
Tudo fala
De um amor sem cura...
Um silêncio de fraturas
Da alma,
Que ficou em estilhaços
Pelo silente caminho...
Silêncios de inverno,
Gritando pela primavera.
Esperança sincera,
Dentro da tarde mansa.
Que, em silêncio,
Espera o anoitecer,
quando tudo poderá
acontecer...

Autor da mensagem: Maria Luiza Silveira Teles

Contribuíção: Denise Carreira

A vida, a viagem e a mala


A vida lembra uma grande caminhada onde os lugares mais bonitos são os nossos momentos felizes. O deserto e as tempestades de areia são aqueles momentos difíceis que temos que atravessar, mesmo quando nosso desejo é de encostar em um canto e deixar a vida passar. Os ciclones, furacões e outras manifestações da natureza, são aqueles choques que recebemos sem esperar, as traições, as decepções, as ilusões. O mar, as montanhas, os lagos mais lindos, as flores mais perfumadas são aqueles momentos em que nos encontramos apaixonados e tudo tem cor e perfume.
Para essa viagem, recebemos uma mochila que pode carregar o que quisermos, é o nosso cérebro. Nessa mochila vamos acumulando os caminhos floridos e os espinhos. Vamos levando lembranças boas e ruins. Acumulamos meio socado, meio empurrado, as pessoas que nos fizeram algum mal e guardamos com carinho os nossos amigos.Tudo isso vai acumulando um peso que vai se refletir na nossa força para caminhar. Todo viajante sabe que precisa carregar somente o necessário para aquela viagem específica. Nenhum viajante leva camisetas cavadas para o inverno da Dinamarca, nem os dinamarqueses trazem casacos de pele para o carnaval do Rio de Janeiro. Por isso, pare um pouco e esvazie a sua mochila. Desfaça-se das coisas que não te servem mais. Jogue fora as angústias, as mágoas, o rancor, a desilusão. Despeça-se do passado. Com a mochila livre desse sobrepeso, você vai poder avançar mais rápido rumo a felicidade. Eu acredito em você e na sua capacidade de realizar.

Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Confia em Deus Cristina Mel


Quando o céu escurecer, nem as estrelas puder ver
Olhe pra Deus, olhe pra Deus
Se a tua força te faltar, não há ninguém pra confiar
Confia em Deus, confia em Deus
Ele é mais que amigo, faz a força brotar
Dele vem o socorro, não vacilará!
Faz cessar a tormenta, e na guerra não há
Quem O possa deter, Deus contigo está!

Importante saber "- Eu mereço ser feliz e conquistar tudo o que eu quero neste momento."


Seu melhor amigo está diante do espelho.

Não há mais tempo para a lamentação vazia.
O intervalo exato entre a dor e o amor,
é a hora da sua decisão, seja ela qual for.

Da determinação do novo pensamento:
- Eu mereço ser feliz e conquistar tudo o que eu quero neste momento.

Então, arrume novos sonhos!
Tenha mais motivos para sorrir,
é tempo de florir.
Arrume um novo penteado,
se não tiver cabelos, use o seu charme, jogue tudo para o lado…
Brilhe, apareça, use da serenidade,
ninguém precisa saber quanto você tem ou não tem na conta.
Isso não conta…

Você já será muito rico se for feliz com o que tem.
Muita gente perde o sono, a paz e a vida,
correndo atrás do que não tem,
atrás de gente que “não vale um vintém”,
do que imagina ser importante, e não é.
Meu Deus é o óbvio ululante:
- Importante mesmo é você!

É o seu bem estar, são os seus pés, não os sapatos.
Importante é o seu corpo,

não o seu manequim.

Importante é a sua saúde,

não as anfetaminas.

Importante é o seu sorriso verdadeiro,

não o “amarelo”.

Importante é a sua fé,

não a sua crença.

Importante é a sua certeza,

não a dúvida dos amigos.

Importante é a sua caminhada,

não o mapa que te mandaram.

Importante é o seu trabalho,

não aquele do vizinho.

Importante é a sua casa,

não a da esquina.

Importante é a sua formação,

não a informação.

Importante é este dia,

o amanhã pode não acontecer,

Por isso, saiba o quanto você é importante para a vida,
que te acorda mais um dia para te lembrar,
que você é feito para amar,
para ser amado, querido, lembrado.

Por isso, não passe pela vida, nem deixe a vida te levar,
faça parte desse mundo, leve o seu melhor por onde for.
Seja gentil, seja careta, seja fiel, seja amor,
seja o que planta flores no caminho de pedras.

Lembre-se, o importante é ser quem você é,
representar um papel, só no teatro,
a vida não é uma comédia, nem um drama,
a vida é real, é fato.
A vida tem a exata proporção dos seus anseios.
Pensar pequeno é se esconder da sua própria capacidade,
e para vencer, a “Vida” te capacita, te dá todos os meios.
Pense grande!

Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke
MAS EU NARA DIGO NAO FAÇA NADA QUE MAGOE NINGUEM ,TEMOS O QUE MERECEMOS E CONQUISTAMOS AQUILO COM FORÇA E PERSEVERANÇA E O MAIS IMPORTANTE QUE ESTAMOS AQUI DE PASSAGEM E QUE QUANDO DEUS NOS CHAMAR ,QUE FIQUE SOMENTE BOAS LEMBRANÇAS " E O MAIS IMPORTANTE DE TUDO É O AMOR
"POIS DEUS AMOU O MUNDO DE TAL MANEIRA QUE DEU SEU UNICO FILHO POR NOS"

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A ESTRADA **


http://farm4.static.flickr.com/3257/2892416078_957b1fa1b9.jpg
Há uma estrada cujo único dono e Senhor é Você: É a Estrada do Seu Pensamento. Nela você também é o único vigilante rodoviário. Você tem se aplicado algumas merecidas multas? Note que a Estrada do Seu Pensamento pode ser percorrida do jeito que você quiser escolher. Nela, as placas de sinalização é você quem faz e elas sempre o levarão para onde você deixar. Perceba que lombadas e valetas também são colocadas por você, portanto você é o único responsável pelo conforto ou desconforto de suas “viagens.” Você pode escolher as paisagens: Árvores verdes e viçosas ou troncos secos e cheios de cupins. Poderá, ainda, entrar por túneis ricamente iluminados ou pelos escuros e sombrios, pondo-se à mercê de atropelamentos, trombadas e graves acidentes. Nela há também os passantes que é você quem escolhe, e eles poderão acompanhá-lo em suaves e repousantes passeios ou encher seu caminho das mais variadas pontiagudas e perigosas pedras. Observe as retas, as curvas, os atalhos, as bifurcações e os bloqueios que é você mesmo quem coloca. A Estrada do seu Pensamento não é de mão única e você pode retornar sempre que decidir. Lembre-se que há pontos onde pode começar a insanidade ou a verdadeira saúde mental, a tristeza ou a alegria. A bênção ou a maldição, um recomeço, uma Nova Vida ou a queda para um amargo fim. AONDE VOCÊ QUER CHEGAR? Há todo tipo de operário nessa estrada, mas você é o Chefe!

Felicidade

imagemquandovoceacreditar4.jpg

Dicas para a Felicidade

1ª - Mantenha sempre viva a esperança no seu coração.

2ª - Acredite… Nunca deixe de acreditar! A maré volta sempre…

3ª - Dê conta que dentro de si existe um potencial bem maior do que você suspeita.

4ª - Ouse ser o que deseja e pode ser.

5ª - Aprenda que às vezes é necessário aceitar um “não” como resposta.

6ª - Dê o melhor de si e deixe o resto nas mãos de Deus.

7ª - Risque as palavras falta, perda e limitação do seu dicionário.

8ª - Mantenha a imagem da vida que deseja e faça com que essa imagem se torne um facto.

9ª - Esforce-se sempre! Continue a tentar.

10ª - Lembre-se que querer é poder, mas não se esqueça da oração… Ela é uma fonte de força.



"Quando a porta da felicidade se fecha, outra porta se abre. Porém, estamos tão presos àquela porta fechada que não somos capazes de ver o novo caminho que se abriu."


A paz que procuramos muitas vezes está no silêncio que não fazemos

Tudo que é bom dura o tempo necessário para ser inesquecível

Viva de maneira que sua presença não seja notada, mas que sua ausência seja sentida

domingo, 22 de agosto de 2010

Vencerás

Vencerás

Entre você e o teu sonho não pode haver dúvidas: ou é ou não é.
Não pode haver meio termo entre a vitória e a derrota, entre o desejo e a realização existe um buraco, um vão enorme, e somente a sua garra, a sua certeza de vencer pode se tornar a ponte que você precisa para atravessar esse mar de dificuldades.

Problemas? Quem não os tem?
Com dinheiro, sem dinheiro, com saúde, sem saúde, com amigos ou sem amigos, o que importa é a sua fé, a sua certeza de que vai alcançar o seu objetivo, por isso você não pode aceitar as dificuldades da maneira como elas se apresentam. Lógico que um problema sempre parece enorme, uma barreira gigantesca no início, mas quando você usa o seu lado racional e ao invés de esconder a cara no buraco das lamentações, estuda o problema e cria estratégias para vencê-lo, ele por si só já deixa de ser um monstro para se tornar um animalzinho metido a besta.

Não espere encontrar facilidades no dia de hoje, nem amanhã, porque a vida é movimento, é dinamismo, nada é estático, nada é parado e ela cobra ação, mas, seja você um rio, vá seguindo o seu curso com a certeza de que vai chegar ao mar, e quando estiver no mar, serás grande, forte e feliz.

Nada pode te impedir de ser feliz, a não ser o seu próprio medo.
Fique em paz.

A paz, por duras conquistas,
fulguras em ti como uma estrela,
mas, jamais deixe de lutar para obtê-la.
” (J.M)

Eu acredito em você!
Paulo Roberto Gaefke

Implacáveis



Somos feitos para o amor

Implacáveis demais...

Por que colocamos uma lente de aumento nos nossos problemas
e, muitas vezes, para os outros, diante da mesma situação,
aconselhamos com simplicidade, enxergamos a realidade,
mostramos que não é tão ruim assim?

Por que somos tão implacáveis em nosso próprio julgamento,
martirizamos nossos atos, infernizamos nossos pensamentos,
ficamos remoendo os erros, esticando os sofrimentos?

Por que só o amor que não deu certo é que marca tanto?
Por que o emprego que não veio é melhor que este de agora?
Por que transferimos tanto a nossa felicidade para outro dia?
Por que não agora?

Faça deste momento, o “start” para a vida plena,
ainda que lhe falte um pedaço, uma promoção,
o carinho de alguém em especial;
ou ainda, a atenção de alguém que não está aqui.
O importante é você estar!
Sem você a festa da vida não começa,
o baile da sua história não tem dança,
a música do seu enredo fica sem letra,
vida sem ritmo e sem esperança.
E as cores desaparecem…

Esteja aqui e agora, pleno, cheio de boa vontade.
A boa vontade é aquela que faz você se enxergar,
ter misericórdia dos seus sentimentos,
descobrir que todo mundo erra,
mas que dá para seguir viagem,
ainda que a mala seja de segunda,
a vida tem que ser de primeira!

Sem você,
o mundo perde um pouco da graça,
fica parecendo chocolate Diet.
Se é para se lambuzar, que seja no doce,
se é para viver, que seja melado,
e se é para ser feliz,
que seja escancarado,
cheio dessa alegria que me contagia,
e que parece dizer sempre:
hoje é o meu melhor dia!

Que assim seja!

Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke

A Pedra




O distraído nela tropeçou...
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Drummond a poetizou.
Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura...
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.
Independente do tamanho das pedras, no decorrer de sua vida. não existirá uma, que você não possa aproveitá-la para seu crescimento espiritual. Quando a sua pedra atual, tenho certeza que Deus irá te dar sabedoria, para mais tarde você olhar para ela, e ter orgulho da maravilhosa experiência que causou em sua vida, no seu crescimento espiritual.

Abençoado dia pra você!!!

Autor Desconhecido

A voz do silêncio




Quantas coisas são ditas na quietude, depois de uma discussão.
O perdão não vem, nem um beijo, nem uma gargalhada
para acabar com o clima de tensão. Só ele permanece imutável,
o silêncio, a ante-sala do fim. É mil vezes preferível uma voz
que diga coisas que a gente não quer ouvir, pois ao menos as palavras
que são ditas indicam uma tentativa de entendimento.

Cordas vocais em funcionamento articulam argumentos, expõem suas queixas,
jogam limpo. Já o silêncio arquiteta planos que não são compartilhados.
Quando nada é dito, nada fica combinado.
Quantas vezes, numa discussão histérica, ouvimos um dos dois gritar:Adicionar imagem
Diz alguma coisa, mas não fica aí parado me olhando!
É o silêncio de um mandando más notícias para o desespero do outro.

É claro que há muitas situações em que o silêncio é bem-vindo.
Para um cara que trabalha com uma britadeira na rua, o silêncio é um bálsamo.
Para a professora de uma creche, o silêncio é um presente.
Para os seguranças de um show de rock, o silêncio é um sonho.
Mesmo no amor, quando a relação é sólida e madura,
o silêncio a dois não incomoda, pois é o silêncio da paz.

O único silêncio que perturba é aquele que fala. E fala alto.
É quando ninguém bate à nossa porta,
não há recados na secretária eletrônica
e mesmo assim você entende a mensagem.

Autor da mensagem: DesconhecIDO

sábado, 21 de agosto de 2010

Oportunidades…



Oportunidades que a vida oferece para o crescimento espiritual
Exercitemos a paciência, o perdão e a fé em nosso dia a dia,
com aqueles entes queridos mais difíceis,
com o patrão exigente,
os colegas de trabalho menos calorosos,
com os vizinhos mais fechados,
ou aqueles que falam demais…

Tudo é oportunidade de crescimento e evolução,
em tudo podemos enxergar o que vai na nossa alma.
Assim, o preguiçoso, ao olhar para o mato alto,
já pensa em quanto trabalho terá e desiste.
O agricultor, já imagina o que poderá plantar,
e começa a roçar, e a semear, primeiro os sonhos,
depois com as sementes, que adubadas com amor,
vão gerar os frutos, abençoados pelo seu suor.

Bendito é aquele que consegue ver portas abertas,
onde os outros não vem nada além de barreiras.
Bendito o que busca perdoar, seguir adiante,
o que ergue a mão para levantar,
e que abaixa, para não atacar.
O que guarda a língua na boca para não difamar,
o que solta a voz para ensinar, educar, abençoar.

Tudo é oportunidade de crescimento e evolução,
até na dor mais sombria, na angustia tardia,
eu vejo possibilidades, enxergo luzes.
É Deus criando caminhos, oferecendo a redenção,
pois é Pai de misericórdia, nunca de aflição.
jamais de vingança!
E quando não o compreendemos, qual tal a uma criança.
Deus é o Pai generoso, que acolhe e abraça a nossa dor,
pois Deus, antes de mais nada, é o Pai do Amor.

Se para onde olhas, não vê esperança,
olhe para o céu e veja essa luz,
é Aquele que te ama, te abraça e chama,
o próprio Mestre Jesus.
Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

Para salvar o amor


Para salvar o amor, não basta o querer,
o amor quando está afundando,
não pede uma bóia qualquer.
O amor pede um grande barco,
um coração largo.

O amor pede humildade,
e antes de mais nada, muita serenidade.
O orgulho, a mágoa, o ressentimento,
são facas afiadas,
que matam qualquer sentimento.

O amor pede calmaria,
mesmo diante de notícia ruim,
mesmo diante de fatos lamentáveis,
o amor, e só ele, pede calma.
E a reflexão pode salvar o amor,
porque o amor é mais que pensamento,
amor não é isolamento,
é união, compaixão, declaração, perdão.

Por isso, antes de começar o dia,
antes que a noite termine,
declare o seu amor de diversas formas.
Diga eu te amo,
mas faça um gesto de amor.
Vale flores, doces, presentinhos,
um recado mal anotado num bilhetinho.

Gestos grandes ou pequenos,
uma tatuagem no corpo,
ou melhor ainda,
uma tatuagem na alma,
onde nem o tempo, nem a morte,
podem apagar.

O amor pede atenção,
que começa no seu pensamento,
e sempre termina, no seu coração.

Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

A gentileza de servir

A gentileza está em servir

A gentileza é a filha da humildade.

Espera!
Antes de gritar, experimenta o respirar profundo,
deixe-se envolver pela energia boa que ainda existe no mundo.

Apesar de tantos absurdos, de tanta violência,
somos filhos da persistência,
e gritamos em silêncio: viva a gentileza,
filha da inocência.

E por amor, e só mesmo com amor,
perdoamos, ajudamos, levantamos, oramos,
seguimos pela trilha difícil da incompreensão,
e onde esperam uma pedra, estendemos a mão.

Por isso, não entendemos governantes tiranos,
países onde o apedrejamento é lei,
onde seres humanos são divididos por castas,
onde a pele de determinada cor tem mais valor,
onde o saldo bancário positivo é sinal de classe(?).
onde o saber da velhice é desprezada,
trocada por diplomas sem rugas,
jogada pelas ruas…

Gentileza!
Seja gentil!
Ofereça o lugar,
ofereça o braço,
ceda o espaço,
envolva-se no abraço.
Deixe de lado o discurso fácil dos inconformados,
seja a mudança que tanto espera ver,
para que todos possam crer.

Seja a própria humildade, que se compraz em servir,
sem pensar na recompensa do porvir,
do tempo que passa e diz:

Por onde for,
seja o amor.

Mensagem do Meu Anjo – Tempo do novo tempo



Por Paulo Roberto Gaefke

É tempo de um novo tempo,
se você se desapontou com as pessoas,
se falharam com você, se descobriu a traição,
se encontrou portas fechadas,
se restaram apenas lágrimas,
é o seu tempo.

Tempo de amar quem não entendeu,
quem fez tudo errado, quem te magoou.
Eis a resposta do novo tempo:
amai tudo e todos, sobre todas as coisas.”
Descobre o amor e se farta nele,
como o faminto que vê o banquete,
como o sedento que descobre a fonte pura.

É tempo de perdoar,
tempo de não encontrar culpados,
mas de encontrar-se!
Renovar o compromisso com a espiritualidade,
abrir mão de qualquer bem, deixar a capa,
oferecer a outra face, pois já não importa,
se desconfiam ou se duvidam,
o que importa, é o novo tempo,
tempo de viver a sua fé.

Felizes os que encontram a paz,
o conforto da palavra que vivifica,
levanta e faz tocar o céu.

Ser feliz é uma busca constante,
de todo ser caminhante.
Por vezes, sentimos fraquejar,
o desânimo vem nos alcançar.
Mas, levante a cabeça, não olhe para o chão,
é do céu que vem a sua salvação.”

O SENHOR te abençoe e te guarde;
O SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti,
e tenha misericórdia de ti;
O SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz
.

Números 6-24 em diante

MEUS AGRADECIMENTOS Antes que a noite caia…

AGRADEÇO A TODOS QUE POR AQUI PASSA E DEIXAM CARINHOSAMENTE SEUS COMENTARIOS.
UM OTIMO FINAL DE SEMANA, PARA TODOS, AMIGOS
QUERIDOS
E QUE A GRAÇA A PAZ DE CRISTO ESTEJAM COM TODOS


“Ser como um rio que flui
Silencioso no meio da noite
Não temer as trevas da noite
Se há estrelas no céu, refleti-las.
E se o céu se enche de nuvens
Como o rio, as nuvens são água;
Refleti-las também sem mágoa
Nas profundidades tranqüilas.”
Manoel Bandeira

Todos os rios são únicos,
representam a própria vida no seu esforço de chegar ao mar.
Que nada te detenha no caminho da felicidade,
nada te perturbe, nem o desamparo do momento,
nem a solidão da viagem…

Seja um rio, ainda que neste instante,
você se sinta apenas um fio d’ água,
uma nascente…
Lá na frente, você será corredeira,
e vai sim, chegar ao mar,
ser feliz em ser mar.

Paulo Roberto Gaefke

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O melhor de mim


Sofremos pelo que não temos, e muitas vezes,
pelo que acreditamos que era nosso,
e na verdade, nunca foi.

Sofremos, pela incerteza do amanhã
que não nos pertence,
mas que tentamos controlar.
Sofremos pelas amizades e afinidades
que tentamos dominar, possuir sem medidas,
e que se afastam de nós.

Sofremos pela doença que podemos ter,
pela gripe que pode virar bronquite,
e nos abatemos.

Sofremos pelo medo do imponderável,
pelo que não podemos medir,
pelo que não vemos, mas as vezes, podemos ouvir,
e nos trancamos.
Sofremos pelas nossas faltas,
e nos abatemos com as dificuldades que criamos,
e estagnamos.

Por isso,
as notas que não tiramos, as provas que não passamos,
os amores que não vivemos, o abraço que perdemos,
os cadernos amarelados, os cheiros da infância,
a velha chupeta guardada ou perdida,
são doces lembranças, mas até nelas, sofremos.

Sofremos, porque não queremos nada simples,
nem simplesmente viver,
em simplesmente amar.
Temos medo de nos entregarmos
definitivamente ao amor,
medo de sofrer uma dor maior,
por isso, sofremos,
até pelo que não sabemos.

E hoje,
sabendo que o sofrer é uma antecipação da dor que nem sempre viveremos,
vou procurar conquistar aquilo que realmente me cabe,
e se a dor me visitar, vai me encontrar mais forte,
porque tenho a exata medida de tudo o que já passei,
e sou o fruto maduro dessa árvore chamada, vida.

Paulo Roberto Gaefk

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Se eu desistir, e você estiver por aqui, por favor, não diga nada, apenas segue comigo.


O Olhar de Jesus

Se eu desistir, e você estiver por aqui,
por favor, não diga nada, apenas segue comigo.

E onde o obstáculo for maior,

sua mão será minha guia,
construindo pontes, onde nada havia.

Se eu chorar, e você estiver por aqui,
por favor, não tente me consolar, antes, silencia.
Deixe a emoção que não cabe mais em mim,
falar através das lágrimas, ainda que pareça não ter fim.

Se eu rir assim, do nada, sem motivo aparente,
e você estiver por aqui, não me julgue mal,
apenas sorria, e acredite: eu sou normal.

Se eu me apaixonar e você estiver aqui,
deixa eu viver a ilusão da chama da paixão,
ainda que eu me queime, que doa o coração,
compreenda; o amor que ainda não amadureceu,
é cego, surdo e mudo diante da razão.

Se eu te magoar, perdoe,

se te ferir, me repreenda,

se te abandonar, entenda,

se não te procurar, compreenda.


Sou um explorador imaturo deste mundo,
e me perco no caldeirão das emoções que crio,
com meus atos inseguros.
Sou vítima das minhas emoções,
carente de razão,
e por vezes, enlouquecido, movido apenas pela paixão.

Por isso, meu amigo da eternidade,
só mesmo você para me entender,
sem se apegar a minha idade,
sem cobrar a maturidade.

Ainda que eu não o procure, você sempre me encontra.
Ainda que eu não pergunte, você tem a resposta,
ainda que eu me revolte, você perdoa,
ainda que eu vire as costas, você me espera…

Nesse caminho escuro, você é a minha luz,
em tudo lhe dou graças, eterno amigo Jesus.


Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Decida-se


Lógico que você merece ser feliz
Um sonho é para ser realizado, e o seu esta cada vez mais maduro.
Tenha atitudes positivas: a noite você sonha, de dia realize.
Eleve seu pensamento a Deus diariamente e agradeça tudo que conquistar.

Por favor, não se compare com ninguém.
Entenda de uma vez por todas que você é único.
Lance seu desafio ao Universo e diga:
Agora e a minha vez!

Sua determinação é do tamanho da sua necessidade.
Uma estrada só se vence quando se dá o primeiro passo e sem olhar para a distância.
As boas novas se conquistam com pequenos gestos.

Faça de cada dia, um novo dia de vitória.
Esqueça o passado, perdoe!
Liberte-se de qualquer amarra que possa te segurar no cais da tristeza.
Insista mais um pouco, de mais um passo.
Cuide de seus pensamentos e suas palavras. Use tudo com bom senso.
Invista na sua paz, diga não quando precisar.
Dedique alguns minutos para cuidar de você diariamente.
Apaixone-se por tudo o que for fazer. Compre a sua idéia. Vista a camisa.
Definitivamente, eu não conheço ninguém mais pronto para prosperar.
E ser feliz é a escolha que te cabe nesse momento.
Você merece!

Eu acredito em você!

Paulo Roberto Gaefke

Desacertos



O e-mail que você esperava não chegou,
o convite tão esperado não apareceu,
aquela pessoa que prometeu vir, furou,
aquela prova de ontem foi muito difícil,
o emprego que você sonhava foi para outra pessoa,
o resultado do concurso te desanimou,
o novo amor já tem compromisso,
e nada, nada tem sido bom para você nesses tempos…

Para complicar, alguém lhe disse:
- ” Não se preocupe, Deus escreve certo por linhas tortas”.
E você já pensa que as suas linhas entortaram de vez,
que para você não há saída, nem rumo e nem direção.

Antes de entrar em parafuso ou depressão,
procure usar o racional e verificar alguns pontos,
primeiro veja a sua parte na sua história,
você anda fazendo o que precisa ser feito?
Na prova de ontem, será que você estudou o bastante?
Para aquele emprego, será que a vaga era mesmo o seu perfil?
O que você tem a mais no currículo?
Aquela pessoa que você esperava,
foi avisada da sua ansiedade?
As dívidas estão acumuladas?
Você já aprendeu a poupar?

Sabe, Deus é tão perfeito,
que eu me recuso a pensar que ele escreve qualquer coisa
em linhas tortas, pois tudo na natureza é perfeição,
tudo em nosso organismo funciona direitinho,
no espaço existem movimentos sincronizados
e na física leis exatas…

Então, temos que concluir,
que Deus sempre escreve certo em linhas certas,
quem entorta somos nós…

Por isso reflita nas atitudes que tem tomado,
com quem você tem andado, com quem você sonha,
com quem você se envolve…
Pare, pense, e se for preciso, não tenha medo
de admitir que tem errado, que precisa mudar.
O bom do erro é permitir o acerto,
e assim o erro tem uma serventia.

O duro é persistir no erro,
é o entortar das linhas,
é burrice mesmo.
Pense nisso!

Eu acredito em você.
Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Sempre É Preciso saber quando uma etapa chega ao final...


FERNANDO PESSOA

(Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão!)
Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedido do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu...
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é! Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és...
E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão!


Fernando Pessoa

Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. E você pode evitar que ela vá a falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você. Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros. Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”. É ter humildade da receptividade. Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz…
E, quando você errar o caminho, recomece.
Pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível, ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.

Fernando Pessoa

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Caminhos

Caminhos

Na vida é impossível parar.
Mesmo quando decidimos não avançar,
a vida avança.
E às vezes temos mesmo a impressão
que ela corre.
E nesse nosso viver,
encontramos diariamente caminhos
na nossa frente.
Em cada situação há sempre uma
opção de estrada.

Escolhemos então a mais longa, mais curta,
mais fácil, mais difícil...
somos guiados por vontades,
necessidades, coração, emoções...
e na verdade nem sempre sabemos onde
nos conduzirá nossa escolha.
E é preciso a cada dia, cada passo,
seguir e assumir.
Ninguém, ninguém mesmo pode
ou deve ser responsável pelas nossas escolhas.
E mesmo se damos ouvidos a um amigo,
aos pais,
a escolha final e a responsabilidade
final sempre será nossa.

Letícia Thompson

ALGO PARA NUNCA ESQUECER.



Sua presença é um presente para o mundo.
Voce é o único e só há um igual a voce.
Sua vida pode ser o que quizer que ela seja.
Viva os dias, apenas um de cada vez.
Conte mas bençãos, não seus problemas.
Voce os superará venha o que vier.
Dentro de voce há muitas respostas.
Compreenda, tenha coragem, seja forte.
Não coloque limites em si mesmo.
Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
As decisões são muito importantes para serem deixada ao acaso.
Alcance seu máximo, seu melhor e seu prêmio.
Nada consome mais energia do que a preocupação.
Quanto mais tempo se carrega um problema, mais pesado ele fica.
Não leve as coisas tão a sério.
Viva uma vida de serenidade, não de arrependimentos.
Lembre-se de que um pouco de amor dura muito.
Lembre-se muito disso:"dura para sempre".
Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.
Os tesouros da vida são todas as pessoas.
Perceba que nunca é tarde demais.
Faça coisas simples e de forma simples.
Tenha saúde, esperança e felicidade.
Encontre tempo para fazer pedidos a uma estrela.
E nunca jamais esqueça por se quer um dia.
O quanto voce é especial!!!
E sempre se lembre, Sorria!!!
(autor desconhecido)

domingo, 15 de agosto de 2010

A Voz Do Silêncio -




Pior do que a voz que cala,
é um silêncio que fala.

Eu ainda te amarei, meu doce amigo...

Quando o sorriso do meu rosto esmaecer
o som das letras não cantar aos meus ouvidos
e a canção perder a cor e o sentido
eu ainda te amarei, meu doce amigo...

Quando o meu grito for silêncio e solidão
a minha pele já sem viço enrugar
e nos meus olhos não restar nem um só brilho
eu ainda te amarei, meu doce amigo...

E se nas noites sem razão e sem luar
de manto negro as estrelas se cobrirem
ou se o sol em pleno dia se esconder
trazendo escuridão e desabrigo

ainda assim o teu amor me guiará
e te amarei: é para sempre, doce amigo...

BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis

(Augusto Cury)



''Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe:
”Que tamanho tem o universo?”
Acariciando a cabeça da criança,ele olhou para o infinito e respondeu:
”O universo tem o tamanho do seu mundo.”
Perturbada,ela novamente indagou:
”Que tamanho tem meu mundo?”
O pensador respondeu:
”Tem o tamanho dos seus sonhos.”

Se seus sonhos são pequenos,sua visão será pequena,suas metas serão limitadas,seus alvos serão diminutos,sua estrada será estreita,sua capacidade de suportar as tormentas será frágil.
Os sonhos regam a existência com sentido.
Se seus sonhos são frágeis,sua comida não terá sabor, suas primaveras não terão flores, suas manhãs não terão orvalho,sua emoção não terá romances.
A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis,faz dos idosos, jovens, e a ausência deles transforma milionários em mendigos faz dos jovens idosos.
Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história,fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades.

Sonhe!"

(Augusto Cury)

Fernando Pessoa

"Deus costuma usar a solidão
para nos ensinar sobre a convivência.

Às vezes, usa a raiva,
para que possamos compreender
o infinito valor da paz.

Outras vezes usa o tédio,
quando quer nos mostrar a importância da
aventura e do abandono.

Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar
sobre a responsabilidade
do que dizemos.

Às vezes usa o cansaço,
para que possamos compreender
o valor do despertar.

Outras vezes usa doença,
quando quer nos mostrar
a importância da saúde.

Deus costuma usar o fogo, para nos ensinar
sobre água.

Às vezes, usa a terra,
para que possamos compreender o valor do ar.

Outras vezes usa a morte,
quando quer nos mostrar
a importância da vida".

Fernando Pessoa

sábado, 14 de agosto de 2010

O AMOR, ROSAS E ESPINHOS...

Amor que é amor dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor.

O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou.

O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: "Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto."

O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.

O poeta soube traduzir bem quando disse: "Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração!"

Bonito isso. Enxergar sonhos que antes eu não saberia ver sozinho. Enxergar só porque o outro me emprestou os olhos , socorreu-me em minha cegueira. Eu possuia e não sabia. O outro me apontou, me deu a chave, me entregou a senha.

Coisas que Jesus fazia o tempo todo. Apontava jardins secretos em aparentes desertos.

Na aridez do coração de Madalena, Jesus encontrou orquídeas preciosas. Fez vê-las e chamou a atenção para a necessidade de cultivá-las.

Fico pensando que evangelizar talvez seja isso: descobrir jardins em lugares que consideramos impróprios.

Os jardineiros sabem disso. Amam as flores e por isso cuidam de cada detalhe, porque sabem que não há amor fora da experiência do cuidado. A cada dia, o jardineiro perdoa as suas roseiras. Sabe identificar que a ausência de flores não significa a morte absoluta, mas o repouso do preparo. Quem não souber viver o silêncio da preparação não terá o que florir depois...

Precisamos aprender isso. Olhar para aquele que nos magoou, e descobrir que as roseiras não dão flores fora do tempo, nem tampouco fora do cultivo.

Se não há flores, talvez seja porque ainda não tenha chegado a hora de florir. Cada roseira tem seu estatuto, suas regras...

Se não há flores, talvez seja porque até então ninguém tenha dado a atenção necessária para o cultivo daquela roseira.

A vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas...

Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos.

Mas não se preocupe. A beleza da rosa vale o incômodo dos espinhos... ou não. Pe. Fábio de Melo


A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos.
Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.
O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que nEle havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente e olhar-se com sinceridade.
Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito. Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser que sejam pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito.

Padre Fábio de Melo